windows-1252"> Gabi e Ana Luiza

Photobucket
<font-family="Comic Sans MS">


Nossa Família


PERFIL

Sou Gabriela, uma paulistana que mora no interior, tenho 32 anos, casada há quase 10, com o Fabiano(34) e mãe da Ana Luiza, filha linda e desejada que já tem 4 aninhos, motivo pelo qual me inspirei a escrever este blog. A princípio (em 2005) era um blog para me ajudar a superar as perdas gestacionais, depois foi pra falar sobre minha gravidez que aconteceu em 2007, e agora, escrevo aquí sobre a maternidade e minha longa luta contra a balança.



Sites aliados



Dieta dos pontos
Calculadora dos pontos




Tabela




Data Peso Perda
000 00 00
000 00 00
000 00 00





Amigas Maternidade


Adriana, Sofya e Emanuelle
Aline e Melissa
Aline Tancini
Andressa, Ana Clara e Lucas
Ana Lúcia e Enzo
Cátia
Crika
Dida e Duda
Dudú
Faby e Aninha
Flavia e Luiza
Gabi Guedes
Keity e Lucas Gabriel
Kênia Itália
Lidi
Lili Guedes e Deivid
Márcia e Milena
Mariana
Prí e Vítor
Rêca e Luíza
Sula e Sara
Tuca
Vanessa - Curitiba
Vivi, Thiago e Júlia Maria



Amigas Emagrecendo


Ana Paula
Aninha
Beth
Andrea Aoki
Gabriela
Josy Petris
Karine
Keity
Larissa
Lisa
Maga
Midi
Silvana
Valéria



Receitinhas



Panelaterapia
Quitandoca
Receitas da Midi




Passado



01/07/2013 a 31/07/2013
01/11/2012 a 30/11/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/05/2011 a 31/05/2011
01/02/2011 a 28/02/2011
01/11/2010 a 30/11/2010
01/10/2010 a 31/10/2010
01/09/2010 a 30/09/2010
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/04/2010 a 30/04/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005



Créditos


Gabi



19 dias... Com a Ana Luíza!

 

19 dias de alegria, de sonho realizado mais também de muita canseira! A pequena é linda, toda delicadinha e puxou pro papai, pelo menos a princípio e ele, fica todo cheio quando alguém diz isso.

 

Bom meninas, começo agradecendo as orações à nosso favor e ao carinho que vocês nos dispensaram até então. Vou tentar contar como foi o dia mais lindo da minha vida, sendo breve, mais contando tudinho!

 

O parto:

 

Tivemos a última consulta de pré-natal no dia 11/01 à noite. Tínhamos completado 40 semanas e a Ana Luíza ainda estava alta, mexendo muito pouco, a placenta já estava madura e eu não apresentava nenhum sinal de trabalho de parto. Eu sempre fui muito medrosa, mais estava fazendo de tudo pra ter um parto normal, para fechar essa gravidez com chave de ouro, já que tivemos uma gestação maravilhosa, sem nenhuma intercorrência.

 

Conversamos bastante e a Dra. Cristiane sugeriu que fizéssemos a cesárea. Até cogitou uma indução, mais eu não quis correr o risco de induzir o parto e no final, ter que fazer a cesária do mesmo jeito. Eu queria um parto normal, não induzido!!

 

Marcamos então para o dia seguinte, não podíamos mais esperar... Fomos pra casa contar a novidade pros meus pais e depois, fomos pra uma pizzaria, só o Fabiano e eu, pra nos despedirmos da vida sem filhos, só nós dois... Esperar por ela!

 

Vocês podem imaginar que nem dormi direito à noite... Às 3 da madrugada eu acordei e fiquei na cama, esperando chegar a hora de irmos pra maternidade. Chegamos lá às 6:30 da manhã, o tempo estava um pouco nublado e eu, na expectativa. Próximo das 8 horas fui levada pro centro cirúrgico, onde a Dra. Cristiane me aguardava. Minha cunhada, Mirela, namorada do meu irmão mais novo, pode acompanhar todo o processo, pois ela trabalha no hospital, filmou e fotografou tudinho e eu, me senti mais aliviada por ter uma pessoa íntima junto comigo naquele momento (o Fabiano não pôde assistir o parto, naquele hospital não permitem a entrada de acompanhante no centro cirúrgico, a não ser que fosse parto normal).

 

Bem, o anestesista atrasou um pouco e até foi bom, porque fui relaxando aos poucos e consegui controlar a ansiedade. Tinha uma musiquinha tocando de fundo, acho que isso ajudou na “sessão relaxamento”. A dra. Ana Paula, pediatra da Ana Luíza já estava a postos e assim que o Dr. Danilo (anestesista) chegou, já veio me anestesiar. Foi muito tranqüilo, a picadinha não dói nada e todos que estavam na sala, conversavam comigo e me faziam sentir segura.

 

Alguns minutos depois e eu já não sentia mais minhas pernas, minha pressão caiu mais logo foi controlada, disse o anestesista que isso é normal acontecer devido ao efeito da anestesia. Começaram então, a cirurgia.

 

Foi muito rápido até a chegada da Ana Luíza. Senti uma leve pressão no abdome e a seguir, o choro mais lindo que já ouvi, o choro da minha filha! Levaram-na para aspirar e fazer todos os procedimentos básicos, as notas de Apgar dela foram 10 e 10, melhor que isso, impossível e depois, trouxeram para que eu a visse pela 1ª vez. Foi lindo, inesquecível, mais eu estava naquele momento, tendo umas dores fortes do lado direito do peito, falei pro anestesista que me aplicou alguma medicação forte e a dor foi passando, só depois da minha recuperação, no dia seguinte, a Dra. Cristiane me explicou que eu tive uma aderência, que é quando algum órgão está colado em outro e no meu caso, o intestino estava colado no útero. Ela teve que desfazer a aderência e por isso, eu sentia tanta dor, mais nada grave, graças a Deus!

 

Depois de algum tempo, fui para o quarto... onde pude encontrar toda minha família e em seguida, receber a minha pequena nos braços! Ela veio linda pra mim, ainda meio sujinha de vérnix e inchadinha, mais linda, emoção inexplicável!

 

Depois daí, foi só alegria. Recuperei-me super bem da cirurgia, o único inconveniente foi depois do banho no mesmo dia, que senti muita náusea mais que logo passou. Não tive dores, nem me sentia operada, acho que depois que a gente vira mãe, tudo desaparece e a única coisa que importa, é o filho que agora depende de nós.

 

Tivemos alta na 2ª-feira, dia 14/01. O Fabiano e minha mãe ficaram o tempo todo comigo na maternidade, as enfermeiras foram sensacionais, os médicos também, tanto que não conseguia me sentir internada num hospital.

 

Ah, preciso falar sobre as visitas na maternidade... Gente é muito bom, nos sentimos queridas e amadas, mais vou dizer uma coisa, cansa muito. No sábado, dia que ela nasceu, tivemos por volta de 40 pessoas nos visitando. Eu falei demais e no final da tarde já estava um trapo. Por isso, não reclamem quando o hospital limitar as visitas, isso é bom para a mãe e para o bebê também, pelo menos no dia do parto. No hospital que ficamos as visitas são limitadas, mais sempre tem aqueles que conseguem driblar a recepção, risos!

 

Bem, estou feliz, realizada e grata a Deus por ter me dado uma filha tão linda, saudável e ter nos protegido até o presente momento. Sei que Ele estará conosco nessa nova fase das nossas vidas e em todos os momentos que virão! Acreditem que tudo acontece no tempo certo, pro nosso próprio amadurecimento. Talvez, anos atrás quando eu me sentia já preparada pra ser mãe, eu não estivesse realmente, e tudo seria bem mais difícil! Deus é Perfeito!

 

Amamentação:

 

Logo que a neném chegou no quarto já foi logo sugando meu peito. Pegou direitinho, parecia que estava com uma fome incontrolável. Ela mamava o colostro e, o leite propriamente dito desceu na 4ª-feira, quatro dias após o nascimento. Minhas mamas começaram a querer rachar, foi então que aprendi com uma enfermeira especialista em amamentação(irmã da Dra. Cristiane), que o melhor remédio era colocar no bico, casquinha mamão papaia e o próprio leite do peito, santo remédio!! Também uso aquelas conchinhas de silicone, que deixam o bico livre da umidade. Não gostei dos absorventes para seio, deixam o bico umedecido dificultando a cicatrização.

Ela mama em média a cada 3 horas, durante 15 ou 20 minutos no máximo. Eu questionei a pediatra sobre o tempo da amamentação porque eu achava que era pouco, mais ela disse que a maioria dos bebês ficam mais tempo na mama porque acabam cochilando e que de mamada mesmo, podemos considerar uns 20 minutos mesmo. A Ana Luíza resolve tudo ali, na hora. Mama seus 15 – 20 minutos e pára, já tem personalidade!

 

 

Banho:

 

A enfermeira foi quem deu o 1º banho ainda no hospital. Quando chegamos em casa, foi eu mesma quem deu, com auxílio da Camila, enfermeira que citei logo acima. Foi muito bom ter o auxílio de uma profissional nesse 1º momento. Ela esclareceu muitas coisas sobre o banho e a amamentação e eu me senti muito segura pra pegar a Ana Luíza e “manuseá-la” na banheira. Ela chorou só no 1º banho, depois passou a gostar e só chora pra sair da banheira, acho que dá frio. O papai ou a Vovó ficam conosco, conversando com ela e segurando a mãozinha, assim ela se sente mais protegida. O papai coloca uma musiquinha de bebê pra ela ficar bem calminha, e isso ajudou bastante.

 

Umbigo:

 

Caiu com seis dias de vida. Limpei apenas com álcool 70° e cotonete. Sangrou alguns dias depois mais a pediatra disse ser normal.

 

Vagininha:

 

Quando chegamos em casa, à noite fui trocá-la e vi que tinha um muco bem gelatinoso saindo da vagina, e em grande quantidade. Imediatamente liguei pra pediatra que disse ser normal. No dia seguinte, vi que tinha um sangue na fralda. Procurei não me apavorar e observei. Passaram-se mais duas trocas e na 3ª, lá estava o sangue de novo, saindo da vagina. Liguei pra pediatra e ela disse que também era normal, que essas coisas, tanto o muco quanto o sanguinho, era efeito dos hormônios que passei pra ela durante a gestação, que era pra eu ficar tranqüila. Depois disso, nada mais aconteceu.

 

Vacinas:

 

Com seis dias de vida, levei a pequena pro seu 1º sofrimento. Ela tomou a BCG e a Hepatite. Chorou na hora mais logo passou, eu é que dei trabalho, minha mãe não sabia se ficava com mais pena dela ou de mim, que chorava feito uma criança, risos! Dói na gente ver aquela pequena indefesa tomando uma baita picada em pleno soninho gostoso, tadinha... Um mal necessário!

 

Cólicas:

 

Assim que tivemos alta, a pediatra recomendou que eu evitasse ingerir leite de vaca, chocolate e bebidas gasosas em geral. Ela disse que não há nenhum estudo que comprove que a alimentação da mãe passa para o leite, mais que na dúvida, melhor eu evitar tais alimentos.

Fiz tudo certo, desde o 1º dia, mais a baixinha tem uma cólica cruel. Todos os dias desde o 5º dia de vida e principalmente na madrugada. Às vezes dá também durante o dia, mais na madrugada é que o bicho pega. É só mamar e dali uns minutos começam as dores. Dou Luftal® e Funchicórea®, quando não passa com essas coisas, aí tenho de dar o Tylenol. Dá muita dó ver a neném sofrendo desse jeito, ela se contorce inteirinha e só chora quando não agüenta mais de dor. Teremos que lidar com isso até por volta dos três meses.

 

1ª consulta:

 

A Ana Luíza nasceu com 3.200g e 49cm. Saiu da maternidade pesando 2.960g. Com 12 dias ela já tinha engordado 390g. (já estava pesando 3,350g e medindo 50cm), prova de que o tempo das mamadas está sendo suficiente. Recebeu nota 10 da Dra. Ana Paula.

 

Amigas, obrigada por tudo... pelas orações e pelos recadinhos cheios de carinho! Prometo que assim que tiver um tempinho, venho pra comentar em seus blogs! Mais em baixo tem o slide com algumas fotos, espero que gostem!

 

Grande beijo de nós duas!





target="_self">






target="_self">


NASCEUUUUUUUUUUUUU

Até que enfim a Ana Luíza chegou.

Aqui quem escreve é uma amiga da Gabi, meu nome é Keity e trabalho com a Gabi a mais de uma ano, acompanhei toda a sua gravidez e estou muito feliz com a chegada da Ana Luíza.

Bom, vamos ao que interessa:

A Ana luíza nasceu no dia 12/01 (sábado) às 8:30 da manhã, de parto cesária, pesando 3.200kg e medindo 49cm e muitooooo cabeludinha, rs!!!

A mamãe e o papai esão muito felizes pela chegada desse anjinho.

Bom, fui ver elas no hospital e elas passam super bem. A Ana Luíza não para de mamar...quer mamar toda hora.

Bom, vou deixar algumas fotos que tirei lá no hospital. Logo, logo a Gabi vem com mais novidades.

Photobucket 





target="_self">


40 SEMANAS...

Amanhã é o grande dia - 12/01/2008!!! Quando finalmente conhecerei minha princesa... e mal posso esperar! Fomos hoje à consulta e infelizmente ela não encaixou, está muito alta, os movimentos diminuíram muito (mais o coraçãozinho tá muito bem, graças a Deus) e a Dra. Cristiane não quer arriscar e esperar mais alguns dias... Não tenho nenhum sinal que possa indicar trabalho de parto... nem sequer perdí o tampão ainda!!! A placenta já está num grau avançado e eu também não quero colocar NADA em risco nesse momento, então optamos pela casariana.

Estou um pouco nervosa... quem não estaria? Mais sei que Deus estará conosco, como em todos os momentos dessa gravidez nota 10, segundo a médica, rs!!

Queria ter feito uma retrospectiva de tudo que passamos, com fotos e tudo mais, mais não conseguí ainda instalar o photoshop aquí em casa, aí fica pra depois, pra relembrar toda a trajetória!

Agradeço de coração, cada recadinho que recebemos e espero que Deus derrame sobre vocês, grandiosas bênçãos. Muuuuito obrigada meninas, por estarem comigo sempre! Peço que orem por nós!

Então é isso... vou internar amanhã às 07:00h e provavelmente o parto será em torno de 8 da manhã! Assim que me recuperar, venho trazendo notícias e fotos... Talvez a Keity, amiga do trabalho e de blog também, venha postar alguma coisa, vamos ver...

Beijos nos corações e até breve!!!





target="_self">


39 SEMANAS...

... e nada ainda!!! Parece que a pequena aquí quer ficar mais uns diazinhos na casinha provisória dela!

Ontem fomos à consulta pré-natal e ela ainda não encaixou. A Dra. Cristiane decidiu pedir uma ultra pra ver a situação da placenta e do líquido aminiótico, então decidimos esperar mais uma semana, pra ver se ela encaixa e nasce de parto normal. Hoje fiz a ultra e ela já está com 3.550g e 49 cm! O líquido e a placenta estão bons, sinal de que dá pra esperar mais um pouco mesmo, além do mais, tirando a dor nas costas e o cansaço, estou ótima!

Ah, ontem recebí duas ligações especiais... parece até que combinaram! Da Dida e da Faby, minhas comadres e amigas do coração... obrigada meninas, pela atenção de sempre e por estarem sempre comigo em pensamento! E obrigada a todas vcs também, que acompanharam nossa história, que estiveram sempre presentes e que torcem por nós! Nessa fase da minha vida, vcs são fundamentais tb, viu! Obrigada Kênia Nena, por me chamar no msn e alegrar ainda mais meu coração com palavras doces e sinceras, vc também é muuuuito especial e creio que o Senhor cumprirá os desejos do seu coração, pq você é um ser iluminado!

Bom, se ela resolver nascer semana que vem, terá alguém que virá postar a notícia e colocar as fotinhas... Espero que todas tenham um belo final de semana.

Mil beijos....

 





target="_self">